Muitos são os motivos para querer se jogar Free Fire no PC mas quando falamos de distribuições Linux esse não é um caminho muito fácil. Principalmente porque a maioria dos emuladores não rodam no sistema. O principal motivo disso é o fato do Wine (serviço que executa aplicações Windows no Linux) atualmente funciona em 32 bits, quando a maioria dos programas atuais rodam em 64 bits. Mas não é impossível você se tornar um jogador Free Fire Linux!

Para quebrar esse mito nós testamos todos os emuladores da nossa lista Windows para constatar que de fato eles não rodam no Linux pelos motivos citados anteriormente. Porém nós, felizmente, descobrimos duas maneiras que você pode utilizar para jogar Free Fire linux. Mas antes disso, vamos conhecer um pouco a máquina utilizada nos testes:

Configurações do notebook:

  • Processador:  i5 5º geração com 2 núcleos e 4 threads.
  • RAM:  4 GB.
  • Chip Gráfico:  Intel® HD Graphics 5500.
  • Distribuição Linux:  Ubuntu 20.04.1

Emuladores Free Fire

Antes de entrarmos de fato no universo dos emuladores linux, precisamos dizer que nenhuma das opções é de fato um emulador focado totalmente para jogos como o Bluestacks, por exemplo. Porém ambos podem ser utilizados para essa finalidade sem nenhum problema!

Genymotion

free fire linux

Download: Genymotion está disponível para Ubuntu, Debian e Fedora em 64 bits.

Esse emulador é simples, leve e bonito! Genymotion funciona perfeitamente em PCs mais fracos e roda sem qualquer problemas seus jogos. Como o emulador Android é voltado para o teste de aplicativos mobile, você tem total liberdade para configurá-lo da melhor forma. Ou seja, você pode escolher configurações como: resolução da tela; versão do Android; nome do aparelho e quantidade de RAM do seu Pc. Pode parecer um processo complicado, mas na realidade é tudo bem intuitivo e com poucos cliques o seu emulador Android estará pronto!

Como dissemos anteriormente, Genymotion não é um aplicativo para jogos, portanto a  Play Store não virá instalada. Mas você pode instalar todos os recursos da Google com a penas um clique na barra lateral do emulador! Com tudo isso feito, você só precisará instalar o modo que permite que o emulador execute aplicativos ARM através do tradutor ARM.

Depois dessa “mini tormenta” de downloads, você finalmente pode baixar e instalar o Free Fire! Nessa parte tudo acontece como em qualquer aparelho Android. Após a instalação basta abrir o jogo e logar na sua conta. A configuração personalizada do teclado é aceita sem problemas e funciona perfeitamente; apesar do emulador precisar ser reiniciado algumas vezes após a mudança.

O jogo rodou de forma rápida e eficiente na nossa máquina de testes. O único problema que encontramos é que não conseguimos mudar às configurações de núcleo do processador, mas já era esperado, afinal esse não é o foco do Genymotion.

PrimeOS

primeOS free fire linux

Download: Todas as ISOs do PrimeOS.

O PrimeOS é um sistema operacional estilo o ChromeOS. Ou seja, um sistema operacional baseado no Android! Portanto, você já deve ter imaginado o porque podemos utilizar o PrimeOS como emulador. Felizmente, você como um usuário linux tem a sorte de não precisar de um dual boot para aproveitar as maravilhas desse emulador. Isso porque você pode simplesmente instalá-lo dentro do seu sistema!

Não iremos entrar em detalhes técnicos de como isso pode ser feito mas certamente com um simples Google você consegue chegar em uma resposta para essa questão. Entretanto, se você não conseguir ou achar que não vale a pena a instalação do PrimeOs dessa maneira, ainda há a opção de virtualizar o sistema e instalá-lo como uma máquina virtual! Porém há grandes chances de perda de memória e desempenho do jogo.

O emulador já vem com a Play Store instalada, portanto você só precisará instalar e logar no Free Fire. O desempenho do PrimeOS foi sensacional na máquina de teste, rodando no ultra sem lags ou perda. O sistema é limpo e leve, logo deve rodar com os gráficos no modo padrão em PCs mais antigos. Quanto as configurações do teclado o emulador consegue assimilar e executar bem as mudanças, mas chega a ter leves bugs na mira que podem ou não prejudicar a partida; depende do momento em que o bug aparece. porém logo ele volta a funcionar como deveria (sem precisar reinicializar o jogo).

Outras alternativas

O mercado de sistemas parecidos com o ChromeOS é gigante mas nem sempre eles conseguem cumprir a estabilidade que prometem. Há outras alternativas no mercado semelhantes ao PrimeOs, como por exemplo o PhoenixOs. Mas resolvemos não citá-lo pois o PhoenixOs não está tão estável quando o PrimeOs o que acaba acarretando perdas e atrasos na jogabilidade.

Quando estamos falando do universo de emuladores para aplicações mobile, também existem uma infinidade, mas nem todos aceitam instalações de aplicativos já finalizados e disponíveis na Play Store. Portanto não achamos pertinente trazer para essa lista opções que entregariam o jogo mas que durante a sua execução não seriam eficazes e eficientes.

Você é usuário Linux? Conta aí pra gente qual a sua experiência em jogar Free Fire na sua distribuição! Não esquece de seguir nossas redes sociais.

Deixe um Comentário

Author

Apaixonado por games desde o Super Nintendo, atualmente um jogador assíduo de LOL e Battle Royale em geral. Além de estudante de TI nas horas vagas.